The Walking Dead 7×12 | Um episódio que oscila entre o amor e o ódio

Reviews Séries Séries de TV Slide
5

Mais ou menos

Depois da semana passada em que tivemos um episódio focado exclusivamente no Eugene, agora é a vez de mostrar o amor entre o casal do momento em TWD. Rick e Michonne.
Eu só me pergunto uma coisa, quando foi que a Michonne se tornou tão desinteressante?

Assim como a maior parte dessa temporada, o episódio 7×12 – Say Yes, tem um ritmo lento e focado no desenvolvimento de alguns personagens específicos. Dessa vez tivemos Rick e Michonne saindo para procurar armas. O problema aqui é que os roteiristas não se decidem quem é o público chave da série. A mesma pessoa que quer ver um drama meloso e lento não é o mesmo que procura o suspense sangrento das temporadas passadas.

Um episódio previsível para tapar buraco, porém teve alguns bons momentos. Foi bom ver a reação de Michonne à aparente morte de Rick e o quanto ela se importa com ele. No entanto, muitas das cenas neste episódio não fez nada para avançar o enredo. Muita coisa poderia ter sido cortada aqui e um conteúdo melhor e mais interessante poderia ter sido adicionado.

Tivemos também um efeito CGI de um cervo que eu acho que poderiam ter gastado um pouquinho mais ali. E aí eles vem tentar me enganar dizendo que Rick pode ter sido morto ao tentar matar o cervo. O Rick? Não tinha alguém menos óbvio? E ainda por cima Michonne deixa cair a sua espada bem do seu lado e quando o Rick pega e arremessa a espada, parece até um arremesso de futebol americano. Uau, aquela mulher tinha corrido mais rápido que o Flash.

O episódio dessa semana é tão previsível quanto a nota medíocre que eu sou obrigado a dar aqui. Falta esforço. Falta vontade de querer alguma coisa boa de fato. E falta paciência pra eu enfrentar essa temporada até o fim.

5

Mais ou menos

Lost Password