Resident Evil 6: O Capitulo final | Saga termina de maneira decepcionante

Reviews
3

Muito Ruim

Resident Evil 6: O Último Capitulo
Roteiro: Paul W. S. Anderson

Diretor: Paul W. S. Anderson
Elenco: Mila Jovovich, Iain Glen, Ruby Rose.

Image result for resident evil 6 movie

Depois de conseguir sobreviver durante anos, a franquia de filmes Resident Evil finalmente encerra a sua “história”. Alice (Mila Jovovich) descobre que em 48 horas, o que sobrou da corporação Umbrela vai acabar com o que sobrou da população humana. Mas Alice pode acabar com o apocalipse se ele conseguir chegar a um Anti-Virus, escondido dentro de onde tudo começou: A base secreta da Umbrela em Racoon City.

A série de filmes de Resident Evil e a série de jogos somente compartilham nomes e alguns personagens, então comparar os filmes com os jogos é uma perda de tempo e não será feito por aqui. Durante toda a hexalogia de filmes, história nunca foi um fator importante. Os filmes existem para que Mila Jovovich tenha trabalhos e que Paul W. S. Anderson possa fazer algo. E o desenrolar dessas histórias sempre foi assim: Situação aparece > Tudo pode dar errado > Alice aparece e resolve tudo sozinha. Esse ultimo filme mantém a formula viva. Mas voltando a falar do roteiro, quando você parar pra pensar de forma lógica nas escolhas feitas pelos personagens, tudo começa a mostrar enormes buracos na lógica.

Paul W. S. Anderson também nunca soube fazer algum filme de forma decente. Além de não saber contar uma história , suas “reviravoltas” são tão mal feitas que M. Night ficaria envergonhado. Ele parece querer imitar outros diretores mais competentes, sem entender o porquê de certas escolhas funcionam para cada filme. Além disso ele não sabe construir tensão e acha que barulhos fortes são equivalentes a terror.

Image result for resident evil 6 movie

Em questão de atuações, somente dois personagens conseguem ter material suficiente para serem avaliados: A própria Jovovich e Iain Glen como o vilão da série Dr. Isaacs. Nenhum dos dois é ruim, mas seus personagens funcionam de formas diferentes. Jovovich entra em modo “heroína de ação” e de vez em quando solta uma frase de efeito engraçadinha. Já Iain Glen atua como um cientista a beira da loucura e um vilão que fugiu de um filme do 007 nos anos 70, e ele é ótimo! Glen não é mal ator, mas nesse filme ele completamente se entrega nos dois estilos de performance e se torna a coisa mais divertida de todo filme. Me lembrou muito Michael Sheen nos filmes da série Crepúsculo.

A edição desse filme parece que foi feita por um samurai cortando bambu. TODAS AS CENAS tem 300 cortes diferentes, a câmera nunca fica parada e o filme não para por 1 minuto para respirar e absorver tudo que está acontecendo. A narrativa pode dizer que é 100% ação, o que não seria mentira, mas novamente mostrando as falhas de Anderson como diretor e roteirista. Em nenhum momento os personagens param para respirar. Quando não tem ação, eles estão te explicando tudo que está acontecendo ou fazendo alguma revelação que você já havia descoberto a muito tempo.

Em relação a sets e fotografia, o filme é escuro demais em vários momentos. Não em tom, mas sim em iluminação. Em certos momentos é impossível saber o que está acontecendo em cena pois tudo está quase preto, que junto com a edição picotando todas as cenas do filme fazem com que o espectador fique completamente confuso sobre o que está acontecendo.

Dito tudo isso de ruim sobre Resident Evil 6, é impossível não recomendar assistir. Se você já viu os outros filmes da franquia, você já sabe que eles acabam se tornando hilários de tão ruins. Pela metade da história, o público que estava me acompanhando na sessão começou a rir das idiotices do roteiro e qualquer coisa que acontecia na tela arrancava inúmeros risos da plateia. Se você curte ver um filme ruim pra rir com os amigos, está feita a minha recomendação, mas espera sair na Netflix.

Image result for resident evil the final chapter

Que realmente seja o ultimo!

Good

  • As frases de efeito da Alice
  • Iain Glen ta se divertindo demais aqui
  • É tão ruim que chega a ser divertido!

Bad

  • Edição picotada
  • História nenhuma
  • Paul W. S. Anderson é um diretor incompetente
  • Qualquer outro personagem desse filme existe só pra ser morto
  • "Iluminação" ruim
  • Formula repetitiva
  • Revelações OBVIAS

Summary

Resident Evil 6 é uma porcaria. A edição corta todas as cenas, o filme não para pra respirar e nenhum personagem é desenvolvido. Mas se quiser perder 2 horinhas e rir de um filme ruim, espera sair na Netflix.
3

Muito Ruim

Lost Password