Agora Superman e Batman “pertencem” a Globo. Entenda:

News Slide

A pirataria e o avanço das operadoras de tv fechada nos domicílios foram responsáveis por barrarem muito dos investimentos feitos da TV aberta para lotar sua grade com filmes que chamassem atenção da audiência. Por isso, faz bastante tempo que mesmo com programas dedicados como Cine Espetacular e Cine Belas Artes (SBT), Tela Quente e Temperatura Máxima (Globo) ou o Cine Aventura (Record), pouquíssima gente fica de frente para TV assistindo a um filme, até porque eles, por conta da edição, passaram a serem exibidos como “os melhores momentos” e não na íntegra. Faça a experiência de tentar assistir qualquer filme que você já tenha visto e faça a comparação com a sua primeira experiência. É no mínimo decepcionante.

Mesmo assim, após saber do rompimento de contrato entre Warner Bros e SBT, vínculo que durava 15 anos, a Rede Globo assinou um contrato de 15 milhões de reais anuais para exibir algumas das grandes atrações do cinema da produtora. E não é só isso: aumenta a quantidade de séries exibida nas madrugadas, passando a ter em sua grande, por exemplo, séries como Supergirl e Legends of Tomorrow.

Disse Carlos Henrique Schroder, CEO da Globo, no comunicado oficial para imprensa: “Esse contrato com a Warner vai trazer mais variedade e bons filmes e séries para a programação da Globo, reforçando nosso compromisso com a TV aberta no Brasil”, disse Carlos Henrique Schroder, CEO da Globo, em comunicado oficial. “Os amantes do cinema se beneficiarão especialmente desse contrato porque teremos os maiores sucessos de bilheteria do cinema mundial.”

A estreia da Venus Platinada com filmes produzidos pela Warner acontece no dia 26 de outubro, quando exibe O Homem de Aço (“Man of Steel”) de 2013

Escriba de dia, de tarde e de noite e, quando não falta mais nada, observador da vida e da arte, não necessariamente na mesma ordem.

Lost Password